Pedaços de Mim

 

Pedaços de Vida, Paridos, Sentidos, Vividos



Textos


 
Teu nome... Amor
 
Incrível perceber, mas  minha alma
Que  por tanto lugar andou, viveu
Amou tantas outras almas, mas
O vazio existente nunca preencheu


Vivemos uma vida, sem nos conhecer,
Paguei o preço que me  foi cobrado
E agora, já acabando tudo, eis você
Como a luz no fim do túnel revelado
 
Não ousamos confessar nem entender
Que ganhamos muito ou então perdemos
Mas em outras vidas, e com compromisso
Já nos encontramos e unidos vivemos.
 
E sem perceber perdemos tudo isso
Hoje vivemos um sem o outro distantes,
E levamos ao naufrágio algo tão bonito
Que poderia dar vida a  dois amantes
 
Você distante, eu aqui vivendo com pesar
Rodeados e em solidão de sentimento
Não sabia que tudo ia passar, terminar,
Tomaria conta de nós o esquecimento
 
Tu somente vai lembrar, dos sonhos
Eram só devaneios, anseios de paixão
Nunca vai pensar que eu sigo te amando
E tua ausência dói e machuca o coração 
 
Eu nunca escondi o amor que te dava
Nem a vida que roubavas em momentos
Tu nunca escondeu a migalha que me deste
Sempre falamos dos nossos sentimentos
 
Nunca saberás desta imensa saudade
Que por tantos anos como um gravador
Repete insistente, sem dó ou piedade
Teu nome num simples grito: amor


JANINHAMELL
Enviado por JANINHAMELL em 21/10/2009
Alterado em 07/07/2011


Comentários


 
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
<script src='http://devocionais.amoremcristo.com/tools/devocionais_embed.asp' charset='utf-8'></script>